h1

Valores femininos totalmente errados.

mars 11, 2009

Ou Marie, o homem.


Sabe aquelas revistas babacas que brincam de diagnosticar comportamentos típicos femininos pra tentar conseguir popularidade entre um número maior possível de leitoras? Essas que também costumam rotular comportaments masculinos em grandes categorias, pra tentar provocar reaçoes idiotas como: « o lá de casa é assim » ou « eu quero um desse jeito »? Sempre achei retardado. Até porquê, sempre fui « o homem », mas revistas femininas. Aquele que não liga no dia seguinte, aquele que esquece datas e aniversários. Aquele que prefere programinha com os amigos ao tête-à-tête a luz de velas. Sou eu. E sou mulher.

So aquele que viaja um mês com uma malinha só. Sou aquele que conta a aventura da véspera à melhor amiga, e não consigo acreditar que alguma mulher seja falsa o suficiente pra condenar uma atitude que ela mesmo faz. Sou aquele que dá número de telefone falso quando o cara tá mais enchendo o saco que agradando.  Sou o cafa. Sou aquele que gosta de sexo pelo prazer do sexo. Sou essa personagem masculina que a mídia bobinha tenta te fazer repulsar, cara leitora. Sorte sua que eu sou mulher.

Acho mais interessante as revistas masculinas. Talvez porque nossos colegas homens-de-fato sejam um tiquinho mais exigentes quanto aos seus conteúdos. Não fico irritada que meu namorado goste de revista de mulher pelada. Olho revista de mulher pelada (provavelmente não pelos mesmos motivos, mas sabe como é, né… « comparo »😉 ). Quando vejo uma mulher bonitona na rua, geralmente sou eu que comento: essa daí você acha bonita? Como não!? Nossa, como você é exigente: a menina é linda!

E mais: eu não só sou a personagem do « homem » da sua revistinha de mulher desocupada, mas ainda não entendo a mulher com a qual ela comunica! Existe mesmo, essa de ficar constrangida, ao acabar um namoro, por perguntarem se está solteira? Existe mesmo essa de ficar pra baixo porque todas suas amigas estão namorando e você não? E de ter vergonha de dizer em voz alta que não é casada? Qual é?? Acho que eu vivo num mundo muito paralelo!E daí que o cara não ligou!? E daí que você não gozou de primeira? E daí que você tá pra lá dos 30 e ainda não tem anel no dedo? Muuuuuiito paralelo…

Ontem assisti ao filme « He’s Not That Into You », que, pessoalmente, achei bem legal, na medida do possível (assistir versões filmadas das telas do cinema é uma heresia que não dá uma noção de vários aspectos do filme. Mas que se dane. A noite é minha, a solidão é minha, a pipoca é minha e eu quis assistir a primeira coisa que passou na frente. Anyway.) No filme, a ex-Friends Jennifer Annisto incarna uma mulher humilhaaaada pela sua situação de recém-solteira. Hum… alo? Legendas, please? So what? E hoje achei um post comiquíssimo sobre uma menina que comprou um pó de maquillagem com defeito: abriu e se deu com pó pelo banheiro inteiro. (Nossa, que barbaridade, maquillagem novinha! Você não entende, snif, yadda yadda). Juro pra vocês que num dos comentários do post tinha uma amiga-toma-dores dizendo que sentia muito pela outra, e que se isos tivesse acontecido com ela, seria como perder um filho (!!!) Alo???? Legendas de novo???

Podem achar que eu sou infeliz, que eu que não sei a beleza do « amor verdadeiro », que sou lésbica ou que ando com homens demais. Nada disso é verdade (até porque, o que é « homem demais » ;)?), mas que essa síndrome Sex-and-the-City está indo waaay too far… isso tá!

Quando ser mulher não for mais sinônimo de futilidade, eu volto a usar a camisa do time.

7 commentaires

  1. Olá querida! Concordamos plenamente com você!
    Ah! Coloquei a barra de search no Blog, está no topo esquerdo do Blog.
    Beijocas e obrigada pela dica!


  2. Entãããããooo… Rapaz, eu senti as dores dela por ter derramado o pó pelos mesmos motivos que ela… Custou cccaaaarrrooo!!!!!!!!!!! Eu, ao contrário dela, pra ser honesta, geralmente jogava fora e esquecia as coisas que vinham com defeito… Ficava com raiva pq perdi dinheiro, mas deixava pra lá. Já comprei vários batons por revista Avon e, quando chegou, detestei e dei. Pó claro demais… E por aí vai… As coisas mudaram recentemente: um livro meu veio com páginas de cabeça pra baixo (umas 40 páginas da Constituição). Como é um livro de consulta, ennoorrrmeee (« Vade Mecum » – tem a constituição + todos os códigos e leis, etc…) tive que reclamar. A Saraiva prontamente me enviou outro… Anyway, só o que eu quero dizer é que eu acho (não tenho certeza)que o lance todo foi vc ver um produto novinho ir todo pro chão… É foda. Seja homem ou mulher. É grana no lixo… ;(

    No mais…

    « Quando vejo uma mulher bonitona na rua, geralmente sou eu que comento: essa daí você acha bonita? Como não!? Nossa, como você é exigente: a menina é linda! ».. Eu faço isso!!! Sempre descordamos. É que Felipe acha mulher « gostosa » bonita e eu só acho mulher magra bonita… hauhauhau

    Eu sempre fui a menina que não se sente bem em casamentos, chás de panela e etc, mas vai pelas amigas… Eu sou a menina que tá lutando para aprender a se arrumar porque agora trabalha em um local « sério… Eu sou a menina que não entende porque as meninas escrevem que são « muito bem casadas »… O que siginifica ser « muito bem casada »… Quando é que alguém vai honestamente contar aos outros que é « pessimamente casado »? Anyway… Compartilho de muitas coisas, massss sou mimosa pra caralho! Não conseguiria nunca viajar só, muito menos por um mês. Primeiro, que ia ficar uma viagem muito cara. Segundo, eu já vivo só o tempo todo, quase não tenho amigos, viajar só já é uma puta redundância. hauahuah Geralmente, viajo para encontrar pessoas e, com elas, compartilhar coisas…

    Anyway, é isso. Como você, sempre fui menino demais. Tou aprendendo a ser menina aos trancos e barrancos, mas… quando pesa no bolso, eu grito! huahuahau

    xeruuu


  3. Ah! Gostei do comentário! Veja, eu também ficaria puta porque perdi dinheiro com algo que era pra funcionar e não funciona. Mas ficar puta é uma coisa, ficar desolada comparando o merda com o drama de perder parente, já é muita nhenhenhisse. Ou sem noção total, mesmo.
    Ah, e eu geralmente sou a que acha mulher « gostosa » bonita, mas o namô tende a preferir as magrinhas… Ô coisa! E eu que acho até bom que eu não seja magricela!!
    Eu, por mais que gostaria (confesso), não posso dizer que sempre fui menino demais. Sempre fui ultra feminina, ultra vaidosa, sempre gostei de me arrumar (humn… dos 9 aos 13 não conta). Mas eu acho que o que eu quiz dizer é que femininade não precisa ser sonônimo de futilidade. Se o salto quebrou, tire o sapato. A meia-calca desfiou? Desfia ela inteira e sai assumida. Fez chapinha e choveu? Prende o cabelo! Ou seja: TE VIRA mas não faz um drama, mulher!!!!😉


  4. hahahaha!!! muito legal, Mary!
    Meu, eu e uma amiga amiga ficamos revoltadas exatamente com a mesma coisa no fim de um jogo de futsal que o nosso time perteu!
    Deu uma puta briga, uma reclamando porque nao jogou, outra reclamando porque a outra xingou ela, outra falando que uma devia ser mais simpatica com a outra, etc…
    po! perdeu, perdeu!


  5. « que uma devia ser mais simpática com a outra » foi foda… Mas essa de não saber perder não é só coisa do universo feminino! Ou é?


  6. Hey!

    Sobre a menina do pó quebrado, eu já tinha lido o post na época, e tenho certeza que a coisa foi financeira mesmo, haha. Pq é só questão de ir lá comprar outro né?! Se fosse algo de « estimação » que não tem mais pra vender, é outra história.

    Bom, eu não vou falar muito de feminismo, homem e mulher, pq às vezes sou mulherzinha ciumenta, e às vezes eu faço o papel da insensível na relação. Acho que tudo tem um equílibro, mas ainda não alcancei isso e admito.

    Sobre o papel da Aniston, não tenho certeza se ela se sentiu humilhada sem razão. As pessoas ao redor que não colaboram, sabe?! Claro que uma auto estima ajuda demaaaais, e faz com que qualquer olhar torto não seja nada. Sou muito a favor disso.


  7. heheh, sim sim, pelo jeito a gente lê os mesmo blogs😉



Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s

%d blogueurs aiment cette page :