h1

O brasileiro com passaporte

octobre 1, 2008

Eu acho é graça. Não é tiração de sarro nem nada, eu prometo. Graça mesmo.

Brasileiro tem em todo lugar. Pode reparar, você pode estar no meio do nada, Tahiti, Stuttgart, Lyon, onde for, pode prestar atenção: deve ter um a menos de dez metros de você. Às vezes, reconheço pela língua. Nada mais fácil. Mas também acabei desenvolvendo outros métodos de reconhecimento infalíveis…

Brasileiro se reconhece de longe porque:

1- Usa tênis esportivo com qualquer roupa. Homem, mulher, tanto faz. Vai estar lá, limpinho, cheirosinho, fresquinho… e de nike no pé. Quanto mais cheguei melhor. Se for daqueles cheios de molas, então… E o mais inconfundível: pode ser tanto para aquele jogging como para aquela baladinha. O ó do borogodó é quando passam pras variantes: as chuteiras… Meu caro: Nada contra o futebol ser esporte nacional… mas vai por mim… chuteira e tênis não servem para mostrar que você tem orgulho de pisar sobre 2 salários mínimos brasileiros, mas para praticar esporte.

2- Essa vale mais pra homem. Brasileiro não veste outra calça que não seja jean’s. Aliás, ter, ele até tem, lá no fundo do armário. E vai ser preta e parte de um termo completo. Ah, fala que não… esse que serviu pra formatura, pro casamento daquela prima, e que já está sendo escalado agora pro Natal. Posso estar errada, mas se eu puder dar um chute, também vai ter uma gravata. E ela vai estar já amarrada, porque ele nunca sabe dar um nó que se apresente…

3- Acha um máximo futebol europeu. Uma vez que ele saiu da terrinha, falar de timinhos locais não interessa muita gente. Então ele se atualisa, e sai comentando os contratos dos jogadores que são especulados pelos timões.

4- Aproveita a viagem para trazer qualquer coisa que se recargue. Computador, iPod, mp3, videogame, relógio, qualquer coisa serve. E depois sai usando na frente dos amigos que não vão colocar a mão numa bugiganga igual tão cedo, simplesmente porque vivem num país onde o imposto das coisas vale metade da coisa em questão.

5- Tem senso de humor bem particular. Humor de brasileiro pode ser a nata da nata. Mas também pode não ser. Dependendo do contexto e do círculo de amigos, um brasileiro vai achar muito engraçado traduzir expressões idiomáticas lá do Brasil para a língua do país que ele vai estar visitando. E vice-versa. Assim costumam sair gargalhadas de frases como « enlève ton petit cheval de la pluie », ou « esse relógio não está trabalhando », ou « está fazendo bonito hoje » ou outras coisas que você não deve estar achando a menor graça. Nem eu.

6- Rotula tudo de coisa de viado. Outro sapato no dia-a-dia que não seja algum tipo de tênis (ou, para ser mais abrangente, que não tenha sola de borracha)? Coisa de viado. Vestir outra blusa que não seja camiseta? Coisa de viado. Tá bom… pra sair, ele aposenta a camiseta (pô, mas essa « Dry fit » é super legal… sei…) então temos a hierarquia: pólo se for mais ou menos « social » (que raios quer dizer « social », para uma festa, anyway? Não é meio redundante?), e camisa se for ainda mais « social ». Outra coisa que isso (ou esses ítens usados fora se seus devidos contextos) é coisa de viado. Ah, outra: cachecol: coisa de viado (sobre essa, depois do mês de novembro, nosso querido brasileiro vai mudando de idéia…), gola alta: super coisa de viado. Passar perfume todos os dias: ultra coisa de viado. É…. eu disse que brasileiro é fácil de reconhecer.

7- Não saber se cobrir direito. Não vou dizer que não aprende. Claro que aprende! O Brasileiro está longe de ser besta. Mas com essa de achar que tudo é coisa de viado, ele prefere sobrepor 3 moletons (que aliás também faz parte do vestuário dele, mesmo que o evento não tenha nada a ver com esporte…) do que colocar um pull-over e um casaco de lã. Nãnão: nada feito. Casaco de brasileiro, se não for de tactel (ou esses materiais de pastico e derivados que fazem barulho quando são esfregados) não é, e ponto. Nota-se que o ó do borogodó número 2 é ter um desses com o interior forrado. Ah, e por baixo de todas as eventuais camadas, estará uma camiseta. Sim sim, dessas sem manga, mesmo, que também serve no verão.

8- Gosta de piadas regionalistas. Obviamente, elas permanecem « inside jokes » só pra brasileiros, mas como eu disse, eles estão em toda parte. E geralmente, sempre acompanhados. Então, entre eles, gaúcho é gay e gosta só de carne. Carioca é malandro. Paulistano é estressadinho. Baiano é preguiçoso. Mineiro é pão duro. E pronto, e sempre. Porque outra graça do humor brasileiro é a repetição.

9- São os primeiros a falarem mal do Brasil (economia, futebol, mulheres, política e outros assuntos-chave de conversas masculinas), mas odeiam ser criticados. Assim sendo, são geralmente ótimos « advogados do diabo » (ah, mas veja bem, meu país cresceu X nos últimos Y anos…)

10- Esse último ítem (porque acabou a paciência) vou deixar à mercê de quem quiser completar a lista. Poderia até sugerir várias outras coisas (adorar intercâmbio, virar fã de cerveja eurpéia, ter vício de Orkut…), mas resolvi deixar assim mesmo.

5 commentaires

  1. Fantástico! huahauhauahauh Tenho amigos que estão por toda parte do mundo. Na Espanha, na Inglaterra, nos Estados Unidos e sei muito bem como nós brasileiros somos, nem preciso estar fora! uhauahuahuaha Anyway, adorei o blog. Gostaria de saber francês para acompanhar mais, meu forte é só os ingrês mesmo.😉 Vou continuar acompanhando o que vier em portuga. Xerão e até mais.
    😉


  2. Nossa… Vc falou umas coisas perfeitas! Muito bom!


  3. Poxa! Legal que gostaram! Deu até incentivo pra redigir outro em português um dia desses… algumas sugestões?


  4. Vc me da pena! Acha que é europeia, vc não passa de uma otaria e a n°9 se aplica a vc! é facil ser nobre estando longe da realidade!


  5. @Brasileiro
    Xiii… você tá nessa de achar que ser europeu é um mérito? Título de nobreza? Tsc tsc… Chega desse pensamento colonial, né? Tenho colunas em francês com o mesmo tom de auto-derisão. Aliás, com ou sem ítem n.9, não vejo problema com críticas.



Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s

%d blogueurs aiment cette page :